SÃO PAULO (Reuters) – A companhia de turismo CVC está observando forte demanda por viagens domésticas para o final do ano e recuperação em destinos internacionais que começam a aceitar novamente viajantes brasileiros, afirmaram executivos da empresa nesta terça-feira.

“Vai faltar avião”, disse o presidente-executivo da CVC, Leonel Andrade, em teleconferência com analistas do setor. “Vamos terminar o ano no turismo doméstico seguramente em níveis pré-pandemia e no internacional em 70%”, acrescentou.

Ele afirmou que a CVC ficou 12 dias completos sem operar em outubro por causa de um ataque hacker e que por isso os números de desempenho da companhia no quarto trimestre trarão este impacto.

Andrade também disse que a CVC não está trabalhando em nenhum movimento para novo aumento de capital e que a empresa está buscando “ativamente” formas de redução de custo de dívida e alongamento de prazos.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).