As desajeitadas, mas confortáveis ​​sandálias Crocs alcançaram novos patamares de popularidade durante a pandemia. E não apenas porque virou sinônimo de calçado ideal para trabalhar em casa, mas foi parar nos pés de celebridades como Justin Bieber e Questlove – esse último apareceu de Crocs dourada na cerimônia do Oscar.

A popularidade, entretanto, tem seu preço. As falsificações aumentaram e fabricante processou o Walmart mais 20 companhias por violação da marca.

Em uma ação ajuizada em Denve, a Crocs informa que o aumento das vendas online gerou o comércio de sandálias piratas em escala sem precedentes na história. Em outra ação, a fabricante pediu à Comissão de Comércio Internacional dos EUA que emitisse uma proibição de importação de calçados que copiassem seu nome ou design.

“A Crocs está aumentando seu foco no atendimento direto ao consumidor e aumentando sua presença digital”, disse Katie Abel, editora-executiva do Fairchild Media Group’s Footwear News. “Ao mesmo tempo, está diminuindo sua dependência do atacado e cortando laços com parceiros varejistas de longa data. Algumas lojas estão lutando para descobrir como substituir uma marca tão relevante. É provável que algumas estejam procurando concorrentes e imitadores para preencher a lacuna.”

A Crocs publicou seu último relatório de lucros trimestrais na manhã de quinta-feira, superando as estimativas mais altas dos analistas e aumentando suas previsões para o ano inteiro. A receita do segundo trimestre alcançou US$ 640,8 milhõed. A expectativa dos analistas do mercado era de receita de US$ 560,28 milhões.

Fundada em 2002 por três amigos de faculdade que gostavam de velejar e apresentada aos consumidores como um sapato de barco, a Crocs rapidamente conquistou fãs entre enfermeiras e outros trabalhadores que ficavam muito tempo em pé antes de entrar em contato com os fashionistas e famosos.

Entre os famosos adeptos das sandálias estão o ex-presidente George W. Bush, e os artistas Jack Nicholson, Whoopi Goldberg, John Cena, Shia LaBeouf, Jennifer Garner e Sacha Baron Cohen.

A última onda da Crocs foi atingir agressivamente os Millennials e a Geração Z com colaborações de celebridades. Em outubro, Justin Bieber se juntou ao fabricante para lançar uma edição limitada de Crocs.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).