O Credit Suisse previu nesta segunda-feira (29) um impacto “altamente significativo” no balanço do primeiro trimestre, após um fundo de hedge dos EUA falhar no pagamento de chamadas de margem feitas pelo banco suíço.

O Credit e outro bancos estão no meio do processo para se retirar das posições em questão, afirmou a instituição, que não especificou o tamanho do prejuízo esperado.

Por volta das 4h35 (de Brasília), na Bolsa de Zurique, a ação do Credit Suisse sofria um tombo de mais de 11%.

(Com informações da Dow Jones Newswires).

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).