PEQUIM (Reuters) – Os contratos futuros de referência do minério de ferro da China avançaram pela segunda sessão consecutiva nesta sexta-feira, seguindo ganhos no mercado “spot”, embora a demanda pelo ingrediente siderúrgico deva permanecer calma em meio a restrições ambientais.

Os contratos futuros de minério de ferro mais negociados na Bolsa de Commodity de Dalian, para entrega em janeiro, subiram até 4,2%, para 696 iuanes (107,74 dólares) por tonelada na sessão da manhã, e fecharam com alta de 2,5% na sexta-feira, avançando 8,8% nesta semana.

Os preços spot do minério de ferro com 62% de teor de ferro para entrega na China aumentaram mais 3 dólares, para 112 dólares por tonelada, de acordo com a consultoria SteelHome.

No entanto, analistas preveem que a recuperação não irá durar, já que a demanda de minério de ferro ainda está prejudicada pelos cortes de produção nas usinas.

“Afetado pelas medidas de proteção ambiental outono-inverno e pelos Jogos Olímpicos de Inverno, o consumo doméstico de minério de ferro é difícil de aumentar no curto prazo”, escreveram analistas da Huatai Futures em nota.

Os contratos futuros de carvão metalúrgico de Dalian caíram 6,24%, para 2.800 iuanes por tonelada, e os preços do coque despencaram 7,6%, para 3.198 iuanes por tonelada.

Os preços do aço na Bolsa de Futuros de Xangai também caíram.

O vergalhão caiu 2,8%, para 5.468 iuanes por tonelada. As bobinas laminadas a quente, usadas em carros e eletrodomésticos, caíram 2,9%, para 5.511 iuanes por tonelada.

Os contratos futuros de aço inoxidável, para entrega em outubro, caíram 4,7%, para 20.945 iuanes por tonelada.

(Reportagem de Min Zhang e Shivani Singh)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).