Por Carlos Vargas

BOGOTÁ (Reuters) – O Congresso colombiano aprovou nas primeiras horas desta quarta-feira um pacote de gastos de 350,4 trilhões de pesos (93 bilhões de dólares) proposto pelo governo para seu Orçamento de 2022, o segundo ano consecutivo em que os parlamentares aprovam um valor recorde.

O Orçamento é 5,3% maior que o recorde anterior de 332 trilhões de pesos –cerca de 88 bilhões de dólares– aprovado para 2021, com recursos destinados a atender às pressões econômicas geradas pela pandemia do coronavírus.

“O objetivo é melhorar a qualidade de vida das pessoas em condições de pobreza, pobreza extrema e vulnerabilidade econômica por causa dos efeitos da Covid-19”, disse o ministro das Finanças, José Manuel Restrepo, a parlamentares durante a sessão.

O projeto foi aprovado com 68 votos a favor e nove contra no Senado e 117 a favor e 18 contra na Câmara.

O Orçamento está baseado em uma meta de crescimento econômico de 4,3% para 2022, em comparação com a previsão do governo de expansão de 6% para este ano, e utiliza uma meta de déficit fiscal para 2022 de 7% do Produto Interno Bruto (PIB).

O banco central da Colômbia prevê crescimento econômico de 8,6% para 2021.

(Por Carlos Vargas)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).