O governo de São Paulo anunciou nesta sexta-feira (11) novas medidas de restrição para conter a propagação do coronavírus. Dentre elas, está o aumento no horário de funcionamento do comércio com o objetivo de evitar aglomerações.

O governo ampliou o horário de funcionamento das lojas de 10 para 12 horas, com fechamento até às 22h.

Entidades do setor avaliaram a medida como positiva. A Ablos, entidade que representa os Lojistas Satélites de todo país, acredita que a extensão do horário de funcionamento pode ser um incentivo aos consumidores  e, consequentemente, causar um aumentar nas vendas de dezembro – essa alta ainda não foi registrada na primeira semana do mês.

“As compras de Natal sempre são maiores no final de semana que antecede a data e com o horário ampliado, mesmo com a restrição na circulação de pessoas dentro dos empreendimentos e das lojas”, afirma Tito Bessa Junior, presidente da Ablos. Os pequenos e médios lojistas acreditam que a iniciativa possa trazer uma melhora em suas vendas.

Já a Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping) afirmou que desde o início da pandemia, os lojistas se esforçaram no cumprimento de mais de 20 protocolos após quase cinco meses de fechamento total do comércio e não foi identificado nenhum tipo de problema.

“Solicitamos a extensão do horário para permitir que as compras sejam feitas sem aglomerações e manteremos todas as medidas já adotadas”, comentou Nabil Sahyoun, presidente da Alshop.

Os protocolos de seguranças continuam? Sim. Apesar da extensão do horário, as medidas de funcionamento com restrições de público, medição de temperatura na entrada, disponibilização de álcool gel e intensificação dos protocolos de limpeza devem ser mantidas.

Qual horário de funcionamento das lojas? As lojas de shopping voltarão a funcionar por 12 horas diárias no estado de São Paulo. Das 10h às 22h de segunda a sábado e aos domingos e feriados das 12h às 20h.

Quando as novas medidas começam a valer? Na madrugada deste sábado (12) e deverão prosseguir por 30 dias corridos.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).