A startup Daki quer atualizar as definições de entrega rápida de supermercado. Lançado no começo de 2021, o aplicativo promete entregar compras de supermercado em até 15 minutos. Nas outras empresas, o tempo mínimo de entrega costuma girar em torno de 1 hora.

Qual o segredo da redução de tempo? Um deles é o formato de operação. Rafael Vasto, CEO da Daki, conta que os shoppers da empresa não fazem compras em supermercados, como os da concorrência. Os pedidos são recebidos e separados em dark stores (lojas sem atendimento ao público) da Daki. Dessa forma, não se perde tempo no caixa para pagar.

“São centros de distribuição ultralocais, que atuam em raios reduzidos e 100% dedicados ao modelo online. As dark stores não recebem cliente, não têm fachada nem estacionamento. É uma operação muito rápida”, afirma Vasto.

Além disso, a empresa atua com entregadores que ficam esperando pelas entregas nas dar stores – economiza-se tempo de localizar o profissional. “Eles têm um espaço com água, banheiro, carregador para celular que podem usar enquanto esperam”, diz ele.

Outro ponto que ajuda na economia de tempo, segundo Vasto, é que a as dark stores possuem um estoque mais assertivo para as regiões em que estão localizadas.

Por outro lado, a Daki trabalha com cerca de 1.000 produtos, ou seja, uma oferta bem menor que os concorrentes. “Não teremos milhares de SKUs, mas os SKUs corretos para aquela região”, diz o CEO.

Qual a área de entrega? Por enquanto, a Daki faz entregas em 10 bairros de São Paulo. Mas o plano é crescer. “Estamos em processo de expansão de abertura de novas regiões. Queremos chegar a ter de 15 a 20 bairros no mês que vem. Até o fim do ano, queremos ter 100 dark stores, inclusive em outras cidades”, afirma o CEO.

Quais são os outros planos de expansão? Vasto diz que a empresa analisa ampliar o número de categorias vendidas no app. “Existem alguns produtos que fazem sentido a pessoa precisar em 15 minutos. Pode ser carregador de celular ou uma camiseta branca. Estamos ouvindo os clientes, entendendo o que eles precisam e o que faz sentido para esse modelo de negócio.”

E para 2022? O CEO daqui diz que o céu é o limite para a empresa. Ele não fala sobre os números da Daki. “Desde que o app foi lançado, mais que duplicamos de tamanho mês a mês.”

Segundo Vasto, a empresa quer crescer sem abrir mão da qualidade que oferece sendo pequena. “Nossa taxa de acerto, com pedidos embalados da forma correta, SKUs corretos, componente corretos e assertividade da oferta é um diferencial da concorrência.”

Rafael Vasto, CEO da Daki/Crédito: Foto: Gabriel Reis

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).