O Mercado Pago, fintech de pagamentos do Mercado Livre, vai dar um passo estratégico para ampliar a quantidade de transações com seu QR Code. É uma parceria com o Grupo Habib’s, que entra em vigor a partir desta sexta-feira.

Para impulsionar a parceria, clientes do Habib’s que pagarem seus pedidos com o QR Code do Mercado Pago terão descontos de até 80%. A promoção inclui as outras lojas do Ragazzo e Tendall Grill.

Com essa aliança, a expectativa do Mercado Pago é elevar em 50% a quantidade de transações realizadas hoje com QR Code. “Fizemos uma parceria bacana, com potencial de engajamento. O combinado é tentar crescer o número de transações em 50% em dois meses”, disse ao 6 Minutos Rodrigo Furiato, diretor de carteira digital do Mercado Pago.

Por que essa parceria é importante? Primeiro, porque o Habib’s recebe milhares de pagamentos todos os dias. Em segundo, porque os descontos da parceria serão bem agressivos. Essa estratégia é utilizada para convencer o consumidor a conhecer novas formas de pagamento. A expectativa é que uma parte dos novos usuários gostem da experiência com QR Code e passem a adotá-la com mais frequência.

E que descontos são esses? Os descontos de até 80% serão dados na primeira compra acima de R$ 9,90. Veja alguns exemplos:

  • 5 Bib’sfihas de carne: R$ 1,90
  • 5 unidades das coxinhas do Ragazzo: R$ 1,90

E como estão as outras parcerias? O Mercado Pago tem parcerias com grandes redes, como Burger King, McDonald’s, Outback, Giraffas e Petz. Mas a pandemia reduziu a quantidade de transações captadas em grandes redes, um reflexo do fechamento de lojas.

“Por mais que o processo de reabertura tenha começado, ainda há muita restrição de funcionamento. Já houve uma recuperação em relação ao final de março, mas ainda em patamar inferior ao verificado em janeiro e fevereiro”, disse Furiato sobre os pagamentos nas grandes redes.

Por outro lado, a pandemia acelerou o fechamento de parcerias com pequenos comerciantes. E a chegada do auxílio emergencial transferiu uma parte desse dinheiro para os novos sellers. “Percebemos um incremento de pagamentos em vendedores menores”, conta.

Qual a expectativa daqui para a frente? Furiato aposta na chegada do PIX para massificar a utilização do QR Code. Segundo ele, os varejistas que usam o código do Mercado Pago já estarão prontos para utilizar o PIX quando o sistema entrar em operação – o que deve ocorrer em novembro, segundo o Banco Central.

“O que vai acontecer é que o atendente da loja vai perguntar se a pessoa quer pagar com crédito ou débito. Se o cliente responder débito, abre margem para perguntar se prefere pagar com PIX”, afirma Furiato.

Para o lojista, esse tipo de pagamento reduzirá custos que ele tem hoje, como as taxas cobradas em cima dos pagamentos com maquininhas de cartão.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.