A Microsoft entrou para a história ao se tornar a segunda companhia aberta dos EUA a alcançar valor de mercado de US$ 2 trilhões, resultado que está ligado à esperança do mercado de que a empresa se torne ainda mais dominante em setores como a computação em nuvem e os softwares corporativos.

Com uma alta de mais de 1% no pregão de hoje, a ação da empresa é negociada a US$ 265,64 nesta terça (22). Em razão desta alta, a gigante do software se juntou à Apple neste exclusivo clube dos dois trilhões. A estatal saudita de energia Saudi Aramco quase entrou para essa seleta reunião em dezembro de 2019, mas acabou não ultrapassando a marca de US$ 1,9 trilhão.

(em ampliação)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).