WASHINGTON/BUENOS AIRES (Reuters) – A chefe do Fundo Monetário Internacional, Kristalina Georgieva, disse que se reuniu na noite de terça-feira com o ministro argentino da Economia, Martín Guzmán, e que os dois concordaram em continuar trabalhando juntos no desenvolvimento de um programa crível de empréstimo do FMI.

“Continuaremos a buscar esse diálogo”, disse Georgieva a repórteres durante as reuniões anuais do FMI e do Banco Mundial.

Ela disse que o corpo técnico do FMI continua a trabalhar para encontrar uma maneira de apoiar a Argentina e para que o país sul-americano se sustente com políticas fortes que promovam crescimento liderado pelo setor privado e criem mais empregos.

Georgieva disse que as discussões se concentram no desenvolvimento de um programa que fosse “crível e útil para o povo argentino”.

O FMI e a Argentina vêm negociando há meses um novo programa para lidar com a dívida de 45 bilhões de dólares do país sul-americano com o Fundo depois de um contrato de empréstimo fracassar em 2018.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).