MUNIQUE (Reuters) – A BMW espera que as cadeias de suprimentos continuem apertadas até 2022, disse o presidente-executivo da companhia, Oliver Zipse, nesta segunda-feira, esfriando esperanças de que uma dolorosa escassez de semicondutores acabará em breve.

“Espero que o aperto geral das cadeias de abastecimento continue nos próximos 6 a 12 meses”, disse ele no Salão Automóvel de Munique.

Zipse, que, como outros executivos de automóveis, está lutando contra a queda na produção devido à falta de semicondutores, disse que não via problemas no longo prazo, acrescentando que a indústria automotiva era um cliente atraente para os fabricantes de chips.

 

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).