O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta segunda-feira (13) que o grupo automotivo Caoa desistiu de adquirir a fábrica desativada da Ford em em São Bernardo do Campo (SP).

Segundo o governador, o negócio não foi possível porque um parceiro chinês, que entraria no negócio junto com a Caoa, buscava um “espaço físico maior”. Doria também afirmou que o grupo do empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade realizará um investimento em uma nova fábrica no estado de São Paulo, informação confirmada pela empresa ao jornal “O Estado de S.Paulo”.

Anúncio CAOA

Em setembro, o governador João Doria (PSDB), havia anunciado o negócio ao lado de executivos da Caoa e da Ford
Crédito: Secom/Governo de São Paulo

Em entrevista a jornalistas, o político tucano disse não “desistiu do tema Ford” e que há “entendimentos em curso” com outros dois interessados, também oriundos da China.

A venda da unidade da Ford para a Caoa havia sido anunciada pelo próprio João Doria em setembro passado. Na época, a estimativa do governo de São Paulo era a de que o grupo pudesse recontratar cerca de 850 funcionários, que ficaram desempregados com a decisão da montadora americana de encerrar as atividades na unidade da região metropolitana.

(Com Estadão Conteúdo)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).