O C6 Bank anunciou nesta quarta-feira (2) uma captação de recursos na sua holding de R$ 1,3 bilhão. Os recursos serão usados para aumentar o capital do banco, o que está condicionado às aprovações regulatórias aplicáveis.

Como a operação foi estruturada? O Credit Suisse atuou como agente financeiro da operação, que contou com mais de 40 investidores privados. Com o novo aporte, a ser realizado mediante a emissão de ações ordinárias, o C6 Bank agora está avaliado em R$ 11,3 bilhões.

Qual é a avaliação do C6 Bank e dos investidores? “Este aumento de capital nos permite acelerar o crescimento do banco. Continuaremos investindo para aumentar a base de clientes, completar o desenvolvimento da plataforma de investimentos e avançar em novas linhas de negócio”, diz Marcelo Kalim, CEO do C6 Bank.

“O C6 Bank mostrou competência não apenas para atrair clientes e desenvolver negócios, mas também para gerar receitas e montar carteiras de ativos”, diz Ilan Goldfajn, presidente do Conselho do Credit Suisse no Brasil.

“Notamos um enorme interesse dos investidores nesta rodada de captação e confiamos no potencial de crescimento do C6 Bank”, afirma José Olympio Pereira, presidente do Credit Suisse no Brasil.

Qual é o momento atual do C6 Bank? Com mais de 4 milhões de contas abertas, o C6 Bank está presente em 99,7% dos municípios brasileiros. O banco tem cerca de R$ 5,3 bilhões em ativos totais, e a carteira de crédito para pessoas físicas e jurídicas ultrapassa R$ 4 bilhões. O volume transacionado na sua plataforma de pagamentos (o que inclui serviços de adquirência e outras soluções de pagamento para varejistas) atinge R$ 1,5 bilhão por mês.

O relatório Brazilian Banks: Digital presence of new and traditional players – relevant new adds in 3Q20, do UBS, revela que o C6 Bank registrou o maior crescimento entre os bancos digitais no país no terceiro trimestre, com incremento de 48% na base de clientes ante o período anterior. A diferença em relação ao segundo colocado é de 27 pontos percentuais.

Já o estudo Brazil Digital Report, da McKinsey, aponta o C6 Bank como o banco brasileiro que chegou mais rapidamente a um milhão de clientes – a marca foi atingida em 31 de dezembro de 2019. O estudo da consultoria considera o desempenho de seis bancos digitais lançados no Brasil entre 2014 e 2019.

O grupo do C6 Bank conta com aproximadamente 1.400 colaboradores, 325 consultores empresariais que distribuem produtos para pessoas jurídicas em todas as regiões brasileiras e uma rede de distribuição para pessoas físicas com 12.000 correspondentes bancários. O 6 Minutos faz parte da holding que controla o C6 Bank.

O banco tem uma corretora de valores em Nova York, focada em clientes institucionais, além de uma corretora em São Paulo. O grupo inclui uma empresa de tecnologia em meios de pagamento (PayGo), uma empresa de assessoria em seguros (Som.us), uma empresa de desenvolvimento em aplicações de pagamentos (Setis) e uma edutech (IDEA9).

Qual é a oferta de produtos do banco para os clientes? Entre os produtos oferecidos pelo banco, estão conta sem taxa de manutenção, cartão múltiplo, TEDs gratuitos, saques gratuitos, tag de pedágio gratuita, CDBs, distribuição de fundos de terceiros e renda variável, entre outros.

Com sede em São Paulo, o grupo possui também um banco nas Ilhas Cayman, o que permite que a instituição oferte produtos internacionais, como uma conta internacional com cartão de débito em dólar ou euro.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).