O Mercado Pago, fintech do Mercado Livre, está ampliando parcerias com o varejo para utilização do Pix como meio de pagamento. Hoje, o Pix já representa quase 80% das transferências bancárias, mas ainda é  pouco usado como meio de pagamentos no comércio.

As duas primeiras grandes marcas a utilizar o Mercado Pago para processamento das transações do Pix são Burger King e C&A.

“O Pix já é uma realidade. Já vimos que ele corresponde a 78% de todas as transferências”, afirmou Tulio Oliveira, vice-presidente do Mercado Pago. “E agora a gente começa a ver esse movimento de Pix no comércio.”

Segundo ele, novas parcerias devem ser feitas para ampliar a aceitação do Pix no varejo. “Estamos trabalhando para que o comércio adote cada vez mais o Pix como meio de pagamento.

E quanto o Pix já representa do comércio? O Mercado Pago não revela esse número ainda. Mas diz que entre parceiros que começaram a usar o Pix, o novo sistema de pagamentos representa entre 5% e 10% do faturamento. “O Pix é uma solução importante para aumento das vendas”, afirma Oliveira.

E o auxílio emergencial? O executivo disse que 7 milhões de pessoas usaram contas do Mercado Pago para fazer transferências do auxílio emergencial que estava depositado na conta Caixa Tem.

Novos serviços

Para 2021, a empresa quer incluir novos produtos de crédito, investimentos e pagamentos na conta digital Mercado Pago.

Entre as novidades anunciadas hoje está o cartão do Mercado Pago com NFC (por aproximação), que pode ser utilizado para pagamento do transporte público.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).