O lucro líquido do BTG Pactual no terceiro trimestre do ano atingiu R$ 1,003 bilhão, alta de 71% em relação ao observado no mesmo período do ano anterior. Na relação trimestral o aumento foi de 3%. Nos primeiros nove meses do ano o lucro foi de R$ 2,649 bilhões, crescimento de 46%.

De acordo com o critério ajustado, o lucro no intervalo entre julho a setembro somou R$ 1,073 bilhão, alta de 56,6% na relação anual. Ante o trimestre imediatamente anterior o aumento foi de 4,3%. No ano foi de R$ 2,824 bilhões, crescimento de 39%. A diferença entre o lucro contábil e o ajustado é de itens não recorrentes e ágio.

“Estamos muito satisfeitos com o desempenho do nosso negócio. Tivemos novamente crescimento expressivo em diversas áreas, com destaque para as atividades de Asset e Wealth Management e de Investment Banking. Seguimos também focados na visão estratégica das nossas diversas frentes de atuação digital”, afirma, em nota à imprensa, o presidente do BTG, Roberto Sallouti.

Qual foi a receita do banco? A receita total foi de R$ 2,184 bilhões, alta de 74% ante o terceiro trimestre de 2018. Na relação trimestral o número ficou praticamente estável.

E a operação digital? No documento que acompanha o seu demonstrativo financeiro, o BTG destaca que a sua operação digital “continua a demonstrar forte capacidade de crescimento”.

Como ficaram os custos com mão de obra? Em seu relatório, o banco informa que os custos com pessoal aumentaram 3,3% no trimestre e 6,2% na comparação com igual período de 2018, “principalmente devido às novas contratações na unidade de varejo do BTG Pactual, bem como ao impacto da variação cambial”. Por isso, as despesas com salários e benefícios totalizaram R$ 159 milhões no terceiro trimestre de 2019.

O que mais vale destacar do resultado financeiro?

  • O ROAE, o retorno anualizado, ficou em 20,8% no intervalo, ante 14,3% há um ano e de 20,6% observado nos três meses anteriores.
  • O índice de Basileia do BTG ficou em 15,1%, ante 17,8% em igual intervalo de 2018 e estável ante o trimestre anterior.
  • O patrimônio líquido do BTG chegou a R$ 20,8 bilhões no fim do terceiro trimestre do ano, crescimento de 8% na relação anual e de 1% na trimestral.

(Com Estadão Conteúdo)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).