A Bombardier informou, em balanço financeiro divulgado nesta quinta-feira, 5, que obteve prejuízo líquido de US$ 137 milhões no segundo trimestre de 2021, valor menor do que a perda de US$ 248 milhões registrada em igual período de 2020.

Segundo o documento, o prejuízo atribuível aos acionistas da empresa foi de US$ 144 milhões. Com ajustes, a perda por ação ficou em US$ 0,06. A receita da fabricante de aeronaves canadense avançou 25% na mesma base comparativa, a US$ 1,524 bilhão. A empresa revelou que tem como diretriz para o ano inteiro entregar cerca de 120 aviões e ter receita superior a US$ 5,8 bilhões.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).