Por Stephen Culp

NOVA YORK (Reuters) – Ações de gigantes da tecnologia ajudaram Wall Street a fechar em alta nesta quinta-feira, ampliando de forma modesta os ganhos das duas sessões anteriores, à medida que dados econômicos moderados e resultados corporativos mistos levaram investidores de volta a papéis de crescimento.

Um recuo em ações sensíveis aos ciclos econômicos limitou os ganhos do S&P 500 e do Dow Jones, muito influenciado por blue-chips, enquanto as small-caps tiveram performance inferior às de suas rivais de maior porte.

Por outro lado, megacaps de tecnologia e ações ligadas ao setor –como Microsoft, Amazon.com Apple, Facebook e Alphabet– avançaram antes da publicação de seus resultados trimestrais, na semana que vem, e fizeram com que o Nasdaq liderasse os ganhos na sessão.

Os três principais índices acionários dos Estados Unidos terminaram o dia a apenas 1% de suas máximas recordes de fechamento.

Ações de crescimento, que apresentaram desempenho superior ao longo da crise sanitária, voltaram a ser favorecidas, avançando 0,8%, enquanto o índice de valor recuou 0,5%.

“O mercado está oscilando entre a visão de que o crescimento econômico praticamente já atingiu um pico, e então você precisa comprar ações que produzam seu próprio crescimento –como nomes de tecnologia–, e a visão de que o crescimento econômico vai continuar e você deve manter papéis cíclicos e de valor”, disse David Carter, diretor de investimentos da Lenox Wealth Advisors em Nova York.

O Dow Jones fechou em alta de 0,07%, a 34.823,35 pontos, enquanto o S&P 500 subiu 0,20%, a 4.367,48 pontos, e o Nasdaq avançou 0,36%, a 14.684,60 pontos.

(Reportagem adicional de Devik Jain e Shreyashi Sanyal, em Bengaluru)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).