Por Echo Wang

NOVA YORK (Reuters) – Os índices Dow Jones e S&P 500 fecharam em queda nesta quarta-feira, com o S&P 500 se afastando da máxima recorde alcançada no dia anterior, depois de dados sinalizarem forte desaceleração no crescimento do emprego em julho, enquanto a General Motors teve seu pior dia em mais de um ano apesar de um lucro recorde antes de impostos.

Nove dos 11 índices setores do S&P ficaram em baixa. Tanto as ações industriais quanto as de energia caíram após dados fracos de emprego privado.

O índice Dow Jones caiu 0,92%, a 34.793 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,463245%, a 4.403 pontos.

O índice de tecnologia Nasdaq contrariou a tendência ao avançar 0,13%, a 14.781 pontos, depois de outro relatório mostrar que uma medida da atividade da indústria de serviços dos EUA saltou em ritmo recorde no mês passado, sugerindo que uma recuperação econômica mais ampla ainda está no caminho certo.

“O relatório de empregos da ADP desta manhã (foi uma) grande decepção… As pessoas estão realmente esperando pelos dados de auxílio-desemprego na quinta e o ‘payroll’ fora do setor agrícola na sexta”, disse Ross Mayfield, estrategista de investimentos da Baird em Louisville, Kentucky.

As ações da GM despencaram 8,9%, ressaltando a incerteza que as montadoras globais enfrentam em um momento de ruptura tecnológica e econômica. As ações da rival Ford Motor Co recuaram 5%.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).