Por Andrey Ostroukh

MOSCOU (Reuters) – O banco central da Rússia aumentou sua taxa básica de juros para 7,5% nesta sexta-feira, a sexta elevação deste ano, num esforço para domar a inflação mais acelerada desde o início de 2016, indicando ainda que há possibilidade de mais altas de juros.

A decisão de elevar os juros em 75 pontos-base impulsionava o rublo, uma vez que superou a expectativa média do mercado de aumento de 50 pontos-base. Em setembro, o banco central havia anunciado alta de 25 pontos-base.

“Se a situação se desenvolver de acordo com a previsão básica, o Banco da Rússia mantém em aberto a perspectiva de novos aumentos dos juros básicos em suas próximas reuniões”, disse o banco central em comunicado, usando as mesmas palavras de um mês atrás.

O banco central elevou sua projeção média para a taxa de juros em 2022 para 7,3% a 8,3%, ante 6,0% a 7,0%, enviando um sinal “hawkish” (inclinado a uma política monetária mais apertada) ao mercado e apoiando o rublo.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).