A AstraZeneca registrou prejuízo líquido de US$ 1,65 bilhão no terceiro trimestre, informou nesta sexta-feira (12) a empresa. Com isso, reverteu o lucro de US$ 651 milhões de igual período de 2020. O prejuízo por ação ficou em US$ 1,10, de lucro de US$ 0,49 no mesmo intervalo do ano passado. Já a receita total da farmacêutica avançou a US$ 9,866 bilhões, de US$ 6,578 bilhões anteriormente.

As despesas operacionais no trimestre refletiram a aquisição da concorrente americana Alexion, bem como mais gastos com pesquisa e desenvolvimento em vários programas, investimento em medicamentos contra a covid-19, entre outros pontos, diz a empresa, que também reafirma no balanço a perspectiva para o ano todo.

A AstraZeneca diz que, excluindo-se a vacina contra a covid-19, sua receita total cresceu 21% na comparação anual. A companhia afirma que, a partir das encomendas recebidas, espera agora que o imunizante progressivamente passe a gerar “lucratividade modesta”. Deve haver novas vendas dessa vacina no quarto trimestre, mas a maioria delas será por meio de acordos já fechados no âmbito da pandemia, esclarece a empresa britânica.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).