O Uber Eats anunciou hoje o lançamento de uma ferramenta que permitirá que os restaurantes parceiros recebam encomendas e administrem suas próprias entregas.  Quem aderir a essa plataforma terá isenção da taxa de serviço cobrada pelo app até o fim do ano.

A ferramenta permite que as entregas sejam feitas tanto pelos entregadores parceiros do Uber Eats quanto pela própria equipe do restaurante.

Qual o contexto? Por conta da pandemia, muitos restaurantes ficaram muito tempo fechados, acumulando prejuízos. Mesmo os que abriram enfrentam dificuldades, já que funcionam com restrições de horário e capacidade. Além disso, o home office reduziu o fluxo em restaurantes que estavam acostumados a atende funcionários de empresas.

O que é essa taxa? Essa é uma das principais reclamações dos restaurantes que utilizam apps para entregar seus pedidos é o valor da taxa de serviço cobrada. Os valores variam de acordo com a distância e consideram outros fatores.

O que Uber Eats vai oferecer mais? A empresa informa que os restaurantes mais bem avaliados passarão a receber um “selo de qualidade” de acordo com a avaliação dos usuários.

Os mais bem avaliados entram na categoria Top Eats, que lhes dá maior visibilidade no mecanismo de busca do app. Durante o período de piloto , os restaurantes participantes tiveram um aumento de 6% nas vendas.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.