Após 26 anos atuando no segmento de calçados e acessórios, a Schutz, do grupo Arezzo&Co, vai começar a vender roupas para o público das classes A e B. A estreia no setor de vestuário está prevista para março, com a venda de peças que terão um preço médio de R$ 590.

A expectativa é que a receita com vestuário represente 25% do faturamento da marca nos dois primeiros anos, chegando a 50% até 2026.

Milena Penteado, diretora da Schutz, diz que a empresa fez várias pesquisas antes de decidir entrar no segmento de roupas. “Nossos estudos mostraram que nossas clientes têm uma recorrência de compra alta, boa aceitação para itens de moda. E mais que isso, é uma cliente que está mais conectada com a marca do que com o produto.”

Apesar do varejo estar passando por um momento desafiador, Milena afirma que o público da Schutz é mais resiliente à crise. “Nossas clientes são das classes A e B. Por mais que elas sintam a crise bater no bolso, elas ainda exercem o poder de compra por impulso.”

Para Milena, o preço médio da coleção de inverno é bem atrativo. “Se olharmos para o mercado, tem pouca marca atuando nessa faixa de preço com a qualidade impecável que vamos oferecer.”

A coleção foi desenhada por Cacá Garcia, diretora de estilo da linha de vestuário, contará com calças jeans, malharia, camisaria. “Tudo muito atraente”, afirma Milena.

Renovação do e-commerce

As primeiras peças de vestuário da Schutz serão lançadas em março, junto com a coleção de inverno de calçados e acessórios.

“Nossa estratégia de expansão está focada em três pilares: lançamento da coleção de inverno, renovação do e-commerce, vamos redesenhar o site para que ele possa abrigar a parte de roupa e trazer uma boa experiência para o consumidor e inauguração de duas flagships”, diz.

Uma dessas lojas conceitos ficará na rua Oscar Freire, região que abriga marcas famosas em São Paulo. A outra será aberta no shopping Leblon, no Rio de Janeiro.

Para  XP, a entrada no segmento de vestuário abre uma avenida de oportunidades para a empresa, como a entrada nos segmentos de cosmético, perfume, óculos.

Milena Penteado, diretora da Schutz

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).