BRASÍLIA (Reuters) – A economia da América Latina deve crescer 5,9% este ano e 2,9% em 2022, o que não será suficiente para se recuperar da crise causada pela pandemia de Covid-19, de acordo com previsão da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal) divulgada nesta quinta-feira.

A Cepal e a Organização Pan-Americana de Saúde disseram em relatório que a pandemia provocou um aumento sem precedentes no desemprego e na pobreza extrema na região.

(Reportagem de Anthony Boadle)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).