SÃO PAULO (Reuters) – A Eletrobras informou nesta quarta-feira que a Eletronorte celebrou um Instrumento de Confissão de Dívidas com a Amazonas Energia (AmE) no valor de 808,75 milhões de reais, visando a repactuação da dívida detida pela AmE com a controlada da elétrica estatal.

A dívida diz respeito a faturas de Operação, Manutenção e Potência de ativos localizados em Manaus. Essas faturas, segundo fato relevante divulgado pela Eletrobras, venceram entre novembro de 2020 e julho deste ano.

As condições da pactuação, de acordo com a estatal, são carência de 12 meses de juros e principal encerrando em 30 de junho de 2022, prazo de amortização de 60 meses e taxa de CDI + 2,75% ao ano.

Há ainda vinculação, como garantia, de créditos de Sobrecontratação e Mercado de Curto Prazo que vierem a ser recebidos pela AmE, com montantes estimados em 73 milhões e 80 milhões de reais, respectivamente.

(Por Gabriel Araujo)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).