PARIS (Reuters) – O acordo alcançado sobre uma alíquota global mínima de imposto corporativo de 15% garantirá que os gigantes digitais paguem uma quantia justa de impostos nos países onde recebem suas receitas, disse nesta sexta-feira o ministro francês das Finanças, Bruno Le Maire.

“Este acordo abre o caminho para uma verdadeira revolução fiscal”, disse Le Maire em comunicado televisionado.

(Por Geert de Clercq)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).