XANGAI (Reuters) – O mercado acionário da China fechou em baixa nesta quinta-feira (18), liderado pelas ações relacionadas ao metaverso depois de a mídia estatal apontar riscos, enquanto as incorporadoras imobiliárias caíram em meio a preocupações com a liquidez.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 0,99%, enquanto o índice de Xangai recuou 0,47%.

As empresas de mídia perderam 2,7%, lideradas pelas ações relacionadas ao metaverso, depois que o People’s Daily publicou um artigo dizendo às pessoas para pensarem racionalmente em relação ao metaverso.

As ações de tecnologia da informação e de empresas de saúde caíram mais de 1,7% cada.

  • Em Tóquio, o índice Nikkei recuou 0,30%, a 29.598 pontos;
  • Em Hong Kong, o índice HANG SENG caiu 1,29%, a 25.319 pontos;
  • Em Xangai, o índice SSEC perdeu 0,47%, a 3.520 pontos;
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,99%, a 4.837 pontos;
  • Em Seul, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,51%, a 2.947 pontos;
  • Em Taiwan, o índice TAIEX registrou alta de 0,44%, a 17.841 pontos;
  • Em Cingapura, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,13%, a 3.237 pontos;
  • Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 avançou 0,13%, a 7.379 pontos.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5047 2984)) REUTERS CMO

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).