XANGAI (Reuters) – As ações chinesas fecharam em baixa nesta segunda-feira, pressionadas pelos setores financeiro e imobiliário depois que a incorporadora mais endividada do país alertou para o risco de um default cruzado.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 1,49%, enquanto o índice de Xangai caiu 1,42%.

As construtoras tiveram perdas de 3,8%, enquanto o subíndice do setor financeiro recuou 2,9%, depois que o China Evergrande Group alertou para o rico de default cruzado uma vez que as vendas imobiliárias continuam a cair.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,73%, a 30.670 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,21%, a 25.502 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 1,42%, a 3.662 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,49%, a 4.917 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,67%, a 3.148 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,07%, a 17.434 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,20%, a 3.080 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,16%, a 7.437 pontos.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).