O caminho para a educação financeira ainda é longo no Brasil. A maior parte das pessoas tem acesso tardio a noções de finanças pessoais, e a forma como isso se dá varia muito entre as classes sociais, segundo pesquisa do Ibope Inteligência encomendada pelo C6 Bank.

Veja abaixo os principais dados coletados pela pesquisa:

Quando as pessoas têm acesso à educação financeira no Brasil?

  • Só 21% dos brasileiros das classes A, B e C com acesso à internet tiveram acesso à educação financeira durante a infância.
  • 38% aprendem noções de educação financeira entre os 12 e 17 anos.
  • 27% têm contato com o assunto na juventude, entre 12 e 24 anos.
  • 14% só aprenderam finanças pessoais depois dos 25 anos.

Como isso se dá nas classes sociais?

  • Na classe C, só 19% dos entrevistados tiveram o primeiro contato com o assunto na infância.
  • Na classe A, esse percentual é sobe 36%.
  • Na classe B, o percentual é de 22%.

E de onde vem essa educação? Na classe A, o percentual de entrevistados que relatam ter aprendido finanças pessoais em casa, com pais e familiares, é de 57%. Na classe C, essa fatia cai para 38%.

A frequência com que o tema é discutido em casa também varia. Ele é mais abordado entre as famílias mais ricas:

Na classe A, 76% firmam conversar frequentemente sobre renda e gastos com outras pessoas da casa

Na classe B , esse percentual cai para 59%

Na classe C, o percentual é menor (51%).

O que mais a pesquisa mostra? O tema finanças pessoais vem sendo mais discutido mesmo entre famílias que não tenham recebido essa educação na infância.

Quando em dificuldade financeira, por exemplo, 77% dos entrevistados que têm criança em casa dizem compartilhar a situação com os filhos, explicando por que será preciso economizar.

Qual o contexto da educação financeira o Brasil? Como definido pelo Ministério da Educação, as escolas tem até este ano de 2020 para ajustar os currículos e incluir essa habilidade no plano pedagógico de forma transversal, em áreas como matemática, linguagens e ciências humanas.

Qual o tamanho da pesquisa? A pesquisa ouviu 2.000 brasileiros das classes A, B e C maiores de 16 anos, com acesso à internet. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.