Não é só no Brasil que o mercado de fintech está aquecido. O contexto de tecnologia capaz de democratizar o acesso à população, juros baixos e inovações nos negócios é um bicho que picou boa parte dos países. Diante disso, a consultoria KPMG atualizou sua lista e mapeou as 100 fintechs que mais se destacaram globalmente em 2019.

Que critérios foram usados para ranquear as empresas? São cinco no total: capital médio levantado, taxa de captação, diversidade geográfico e setorial e o grau de inovação do produto.

O que mudou na lista de 2018 e 2019? Na lista com as 100 empresas, diminuiu a quantidade de fintechs focadas apenas em pagamento e empréstimo, e aumentou as startups para bem-estar, seguros e multi-fatores.

Veja abaixo quais são as cinco fintechs que lideram a lista:

Ant Financial (China)

É a responsável pela operação do Alipay, serviço de pagamento online do Aliexpress, que pertence à Alibaba. Ou seja: o trabalho é criar condições para que mais pessoas consigam fazer as aquisições que desejarem. A fintech quer se aproximar de consumidores em qualquer lugar do mundo e de microempresários, e cita as “finanças verdes”, ferramentas e instrumentos que estimulam negócios sustentáveis, como meio para alcançar os objetivos.

Grab (Cingapura)

Um super app que começou em 2012 como se fosse o Uber. O propósito era deixar as corridas de taxistas mais seguras e agendáveis. Hoje os clientes tem o Grab Pay, sistema de pagamentos para lojistas, acessam o Grab Finance, uma área de suporte e educação financeira, e também tem produtos de seguro ajustados ao estilo de vida do cliente.

JD Digits (China)

Usa big-data, inteligência artificial e Internet das Coisas para ajudar empresas do setor financeiro e economia real a reduzir custos, ganhar eficiência e atualizar modelos de negócios. Esse trabalho é associado à promoção de valores de inclusão social e redução da desigualdade.

Go Jek (Indonésia)

É o principal concorrente do Grab no sudeste asiático. A proposta é facilitar pagamentos e deixá-los mais seguros. Os clientes do super app vão de consumidores a pequenos empresários. Dá para solicitar corridas de carros e motos e entrega de comidas e medicamentos. Também é possível agendar e efetuar o pagamento de sessões de massagem, manicure e até faxina para sua casa ou escritório.

Paytm (Índia)

Um marketplace  de pagamentos  básicos como conta de energia, celular e recarga de cartão de transporte (como o bilhete único no Brasil). A fintech oferece produtos de seguro e há um outro marketplace de roupas, eletrônicos, etc. Mais de 380 milhões de pessoas e 12 milhões de anunciantes estão cadastrados no sistema da Paytm.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).