Atraso, produto não entregue e cobrança indevida foram as principais reclamações de consumidores em 2020 ao Procon-SP sobre compras online. O número de reclamações sobre compras online cresceu 285% em no ano passado em relação a 2019, passando de 78.419 para 301.672.

  • Atraso ou não entrega do produto comprado: de 19.124 em 2019 para 70.279 em 2020
  • Cobrança indevida: de 5.605 em 2019 para 36.221 em 2020

O diretor executivo do Procon-SP, Fernando Capez,  afirma que o comércio estava preparado para vender, mas não estava para entregar.

“Em 2020 as empresas foram pegas de surpresa, mas agora já devem estar prontas para atender os consumidores”, afirma Capez. “O Procon-SP aguarda que os problemas registrados no ano passado não se repitam e multará quem agir em desacordo com a lei”.

As reclamações sobre o e-commerce podem ser feitas pelo site ou aplicativo do Procon-SP. Também é possível fazer denúncias nas redes sociais do órgão.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).