Não há dúvidas de que o Pix pegou entre os brasileiros. Uma pesquisa da Zetta, associação de empresas de tecnologia que atuam com serviços financeiros digitais, mostra que quase 70% dos entrevistados têm a intenção de fazer pagamentos via Pix para compras em farmácias, de alimentos (em lojas como mercados, açougues e padarias) e de serviços médicos.

Entre os entrevistados para o estudo, 92% já usam o Pix para transferências e 73%, para pagamentos de produtos e serviços – destes, 67% usam para pagar pessoas físicas e 57% para pessoas jurídicas.

A pesquisa mostra que 40% dos brasileiros que pagam produtos e serviços com o Pix fizeram as transações online e apenas 17% de forma presencial. “Isso só reforça a importância da chegada do Pix em meio ao primeiro ano da pandemia, representando um marco no modo como o brasileiro lida com as suas finanças”, diz Bruno Magrani, presidente da Zetta.

Veja a intenção de uso do Pix por tipo de produtos e faixa etária:

Faixa etáriaFarmáciaAlimentosServiços médicosRoupas, calçados e joias
18 a 24 anos82%85%75%73%
25 a 34 anos81%79%77%73%
35 a 44 anos71%70%66%61%
45 a 59 anos63%62%59%46%
60 a 79 anos42%36%37%35%

Quem usa mais o Pix? A maior aderência vem dos mais jovens, entre 18 e 24 anos, com 70% deles já registrados no sistema. Entre os mais velhos, de 60 a 79 anos, o índice cai para 24%.

“A aderência do Pix atualmente está com o público mais acostumado com a utilização de serviços financeiros digitais, evidenciando a importância da educação financeira e a familiaridade com a tecnologia no Brasil”, afirma Magrani.

80% das pessoas escolarizadas possuem chaves Pix cadastradas. Segundo o BC, em junho deste ano havia 254 milhões de chaves cadastradas, sendo 95,9% de pessoas físicas, e 4,1% de pessoas jurídicas.

Como a pesquisa foi feita? O estudo é o primeiro quantitativo aberto ao público realizado pelo Datafolha e reuniu homens e mulheres, de 18 a 70 anos, pertencentes a todas as classes econômicas. Foram realizadas 1.520 entrevistas, entre os dias 25 de maio e 10 de junho, em todas as regiões do Brasil.

Leia também: Pix Saque permitirá retirada de até R$ 500 no comércio; lojistas receberão tarifas dos bancos

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).