A Petrobras anunciou nesta quinta-feira (20), que vai aumentar a gasolina em 6% em suas refinarias a partir da sexta-feira (21), a segunda alta do combustível no mês, acompanhando a melhora do preço do petróleo no mercado internacional. O diesel será elevado em 5% e o diesel marítimo (bunker), em 5,2%.

Apesar de mostrar ligeiro recuo nas negociações nesta quinta para os contratos de outubro, por perspectivas de uma demanda menor do que a esperada, a commodity vinha com preços ascendentes nas últimas semanas e ultrapassou os US$ 45 o barril para o tipo Brent.

No auge da crise, em abril, chegou a cair abaixo de US$ 20/barril.

Nesta quinta, o petróleo recuava 0,66%, para US$ 45,07 o barril, depois que o Federal Reserve, banco central norte-americano, ter divulgado perspectivas menos otimistas para a demanda se a pandemia do covid-19 se prolongar.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).