Dados divulgados pela Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) nesta quarta-feira (dia 7) mostram que a captação nos fundos de investimento em geral somou R$ 206 bilhões no primeiro semestre deste ano, o maior valor da série histórica.

O destaque foram os fundos de renda fixa (que ficaram no positivo em R$ 98,9 bilhões) e os multimercados (R$ 81,4 bilhões).

Reprodução/ Anbima

Quando se olha a participação por categoria de fundo, a Anbima destacou que os fundos multimercados e fundos imobiliários vem aumentando o seu peso no total como consequência da busca por diversificação: somados, eles já representam 36% do total da indústria de fundos (os imobiliários representam 19% e os multimercados, 17%).

“Com os juros em patamares baixos, é natural que a gente veja cada vez mais diversificação dos investidores”, avaliou Pedro Rudge, diretor da Anbima.

Fundos que investem no exterior

A entidade informou ainda que a pandemia de coronavírus e as taxas de juros na mínima histórica impulsionaram o interesse dos brasileiros por fundos de investimento que são autorizados a investir mais de 40% do seu patrimônio no exterior –disponíveis apenas para aqueles com mais de R$ 1 milhão de recursos aplicados (leia mais sobre esse tema aqui).

Os multimercados (que aplicam em diferentes tipos de investimento, como renda fixa, variável e câmbio) são os que possuem maior número de contas entre esses fundos: havia 352 mil, uma alta de 443% em relação a março de 2020.

No caso dos fundos de ações que investem no exterior, o número de contas registrado no mês retrasado foi de 184,6 mil, uma disparada de 722% na comparação com o pré-pandemia.

O patrimônio desses fundos que investem no exterior, independentemente da categoria, somou R$ 799 bilhões, alta de 38,4% na comparação com 2020.

“Esse movimento de diversificação geográfica e de moeda esteve bastante presente pelo processo de educação financeira que a gente tem tido”, afirmou Rudge, da Anbima. “É um movimento super sadio, super importante para que tenha no seu portfolio uma composição que o ajude a ter uma rentabilidade interessante com risco adequado”.

Veja abaixo o comportamento das contas desses fundos:

Reprodução/ Anbima

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).