Clientes da maior corretora não controlada por um banco do Brasil, a XP Investimentos, enfrentaram problemas de acesso à plataforma da companhia nesta quarta-feira (26) devido a um alto volume de utilização do sistema, afirmou a empresa.

O que aconteceu? Um representante da XP afirmou que a empresa está trabalhando para resolver o problema, que ocorre no dia em que o principal índice da bolsa de São Paulo, o Ibovespa, despencou diante de preocupações de investidores globais sobre a disseminação do coronavírus fora da China.

“O sistema apresentou intermitência para alguns clientes por conta do grande volume de acessos”, disse a XP, que tem 1,7 milhão de clientes e cerca de R$ 410 bilhões sob custódia.

A companhia afirmou que o número de acessos a sua plataforma nas primeiras três horas de negociação desta quarta-feira foi cinco vezes maior que a média.

A XP listou suas ações na Nasdaq em dezembro de 2019. O valor de mercado da companhia é de R$ 20,7 bilhões.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.