Em meio à pandemia, os brasileiros fizeram, no ano passado, 16 bilhões de transações bancárias a mais por mobile banking, ou seja, por intermédio de aplicativos de bancos por smartphones. Isso significa um crescimento de 43% nessa modalidade na comparação com 2019.

Esses dados fazem parte da Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária 2021, que foi divulgada na manhã desta quinta-feira (dia 24) pela entidade que representa os bancos.

Na outra ponta, houve forte queda nas transações em agências bancárias (-28%), internet banking via PC ou laptop (-1%), e caixas eletrônicos (-9%).

Veja abaixo outros destaques da pesquisa:

9 em cada 10 contratações de crédito foram por vias digitais

O levantamento mostrou ainda a forte adesão dos clientes de bancos à contratação de crédito através de meios digitais. De acordo com a pesquisa, 9 a cada 10 operações de empréstimo foram feitas pela internet.

No caso de pagamento de contas, as vias digitais responderam foram 8,5 a cada 10 operações.

Contratação de investimentos por celular subiu 63%

A contratação de investimentos através de mobile banking subiu 63% no ano passado na comparação com 2019. As transferências pelo celular através de TED e DOC cresceram 60% e o pagamento de contas por smartphone teve alta de 51%.

Consulta de saldo e extrato nos caixas eletrônicos teve queda de quase 30%

A pandemia atingiu bastante a utilização de caixas eletrônicos. A contratação de crédito caiu 29% em relação a 2019, e as consultas de saldo e extratos recuaram 27%. Outras quedas expressivas foram saques (18% a menos) e pagamento de contas (-20%).

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).