Com a decisão do Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central de cortar a taxa básica (Selic) para 2% ao ano, em uma tentativa de estimular a atividade econômica em tempos de coronavírus, os juros reais no Brasil ficam negativos em 0,71%.

É o que mostra cálculo feito por Jason Vieira, economista-chefe da Infinity Asset Management, que calcula quanto o investidor recebe do seu investimento considerando-se a inflação projetada para os próximos 12 meses.

O que significa uma taxa de juros real negativa? A taxa de juros real é quanto quem investe em uma aplicação de renda fixa, como títulos de dívida do governo, receberá depois de um determinado período de tempo descontando-se o quanto perderá com a inflação.

Essa taxa pode ser negativa, que é o cenário atual no Brasil e em outros países.

Isso quer dizer que se uma aplicação acompanha a rentabilidade de títulos públicos, a inflação projetada para o período corroerá o poder de compra e fará o investidor, na prática, perder dinheiro lá na frente.

Como os juros reais negativos impactam os meus investimentos? A rentabilidade de muitos fundos conservadores, que acompanham o rendimento dos títulos públicos e que já vinha em queda por causa da redução da Selic, passa a ser negativa. Ou seja, quando se considera a inflação do período, o investidor perde dinheiro no horizonte de um ano, sem falar no quanto paga de taxa de administração.

Muitos recursos estão aplicados nesse tipo de investimento no Brasil.

Um exemplo: os fundos de baixa duração soberanos, que aplicam 100% dos recursos em títulos públicos federais, possuem um patrimônio de R$ 468 bilhões, segundo os dados mais recentes da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais).

E como fica a poupança? A poupança, que remunera o investidor em 70% do CDI (Certificado de Depósito Interbancário, que segue a Selic), teria um retorno de cerca de 1,3% ao ano.

Ou seja, a aplicação perde para a inflação projetada para os próximos 12 meses, que é de 2,9% ao ano.

Como estão os juros do Brasil em relação aos de outros países? Apesar de ser impressionante pensar que a Selic real está negativa no Brasil, esse é um movimento internacional, exatamente por causa da recessão causada pela pandemia.

Em uma lista de 40 países, o juro básico brasileiro real é apenas o 15º menor. Os Estados Unidos, por exemplo, possuem hoje juros reais negativos de 2,48% ao ano.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.