A tradicional caderneta de poupança fechou o mês de outubro com o menor saldo positivo desde fevereiro, período pré-pandemia de coronavírus. A captação líquida ficou positiva em R$ 7 bilhões, informou o Banco Central nesta sexta-feira (dia 6).

No mês passado, os depósitos superaram os saques em R$ 4 bilhões no SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo), enquanto na poupança rural houve entrada de R$ 2,9 bilhões.

Desde março, os resultados mensais da poupança têm ficado no azul por causa principalmente do pagamento do auxílio emergencial de R$ 600. A partir de setembro, o benefício passou a ser pago em um valor menor, de R$ 300, valor que será depositado até dezembro.

Até o final de 2020, serão R$ 321,8 bilhões injetados na economia com o auxílio.

O fato de os juros básicos estarem na mínima histórica, a 2% ao ano, também tem feito muitos investidores optarem pela poupança, que é isenta de Imposto de Renda.

 

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).