O anúncio do presidente dos EUA, Donald Trump, de que contraiu Covid-19 e que ficará de quarentena às vésperas das eleições americanas fez a Bolsa cair  1,53%, a 94.015 pontos.

O dólar encerrou o pregão desta sexta (dia 2) em leve alta de 0,14%, a R$ 5,66.

O que aconteceu com a Bolsa e o dólar hoje? Os mercados foram afetados pelo anúncio do presidente americano de que contraiu a Covid-19.

Nesta madrugada, Trump informou, no Twitter, que ele e a primeira-dama do país, Melania Trump, testaram positivo para a doença. “Começaremos nosso processo de quarentena e recuperação imediatamente. Vamos passar por isso JUNTOS!”, escreveu ele na rede social.

A informação foi encarada pelo mercado como uma nova fonte de imprevistos nesta reta final das eleições presidenciais americanas.

Os dados do mercado de trabalho dos EUA também desanimaram investidores, com a criação de 661 mil postos de trabalho no mês passado, contra uma expectativa de 850 mil vagas.

Esse cenário externo pessimista não foi suficiente para compensar o efeito positivo de declarações do presidente Jair Bolsonaro, que na noite de ontem disse que o ministro da Economia, Paulo Guedes, é o “cara da política econômica” e que a “palavra final” é dele.

A declaração ocorreu em um momento de grande incerteza sobre a situação financeira do país, diante do anúncio da proposta do programa Renda Cidadã no início da semana, que causou reações negativas no mercado, e ajudou a conter uma alta maior do dólar.

O destaque positivo do pregão foram as ações dos bancos, que subiram após uma medida provisória editada por Bolsonaro elevar de 35% para 40% o percentual de crédito consignado que os aposentados do INSS podem tomar durante a pandemia.

Maiores altas:

Santander (+ 1,79%)

CSN  (+ 1,45%)

Bradesco (+ 0,82%)

Maiores baixas:

Azul (- 5,56%)

CVC (- 5,28%)

Magalu (- 4,19%)

(Com a Reuters)

 

 

 

 

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).