Puxado pelo bom desempenho de Wall Street, por realização de lucros e pela forte alta da PetroRio, o Ibovespa subiu 0,52% nesta quinta (dia 19), a 106.669 pontos.

O dólar recuou 0,46%, a R$ 5,31.

O que aconteceu com a Bolsa e o dólar? O Ibovespa fechou em alta após trocar de sinal algumas vezes, beneficiado pela melhora em Wall Street e com a PetroRio disparando quase 30% após comprar participações em dois blocos no pré-sal.

Apesar do noticiário promissor sobre o desenvolvimento de uma vacina contra a Covid-19, o desconforto com o crescimento de casos no mundo e adoção de novas medidas restritivas por vários países para evitar o avanço da doença minavam o apetite a risco.

“Após um período de forte desempenho, é natural alguma consolidação ou realização de lucros”, afirmou o estrategista Dan H. Kawa, da TAG Investimentos.

No Brasil, o governo de São Paulo descartou novo lockdown para conter a alta nos casos de Covid-19 no Estado, mas afirmou que tomará medidas para frear o vírus nas festas de fim de ano.

Os mercados de ações nos Estados Unidos encerraram em alta, com novas esperanças de estímulo impulsionando o sentimento do investidor ao fim de uma sessão repleta de preocupações com crescentes fechamentos de negócios e dispensas devido ao aumento de taxas de infecção por Covid-19.

Todos os três principais índices acionários receberam impulso depois de o líder da minoria no Senado, Chuck Schumer, afirmar que o líder da maioria no Senado, Mitch McConnell, concordou em retomar negociações para elaborar um novo pacote de alívio fiscal.

Maiores altas:

PetroRio (+ 29,94%%)
Gol (+ 4,92%%)
Azul (+ 4,02%)

Maiores baixas:

Cogna (- 2,92%)
Marfrig (- 2,50%)
BRF (- 2,49%)

(Com a Reuters)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).