Em meio à queda da cotação do petróleo e de novo recuo nas ações das empresas de tecnologia, a Bolsa encerrou o dia em queda de 2,43%, a 98.834 pontos.

O dólar fechou o dia em alta de 0,37%, a R$ 5,32.

O que aconteceu com a Bolsa e o dólar? O Ibovespa acompanhou o pessimismo das bolsas externas. Nesta quinta, as ações dos Estados Unidos encerraram em baixa após um pregão agitado, com os papéis de pesos pesados da tecnologia retomando quedas após uma forte recuperação ontem.

Também nos EUA, o número elevado de pedidos de seguro-desemprego lembraram aos investidores que ainda há uma recuperação difícil pela frente.

Além disso, o petróleo teve queda com a preocupação do mercado com a recuperação da demanda pela commodity após redução de importação pela China. Os papéis da Petrobras, empresa com forte peso no índice brasileiro, caíram quase 4% nesse cenário.

O destaque positivo do pregão foi o GPA (Grupo Pão de Açúcar), que subiu quase 15% com a informação de que o conselho do grupo aprovou a cisão e abertura de capital da sua subsidiária de atacarejo Assaí.

Maiores altas:

Pão de Açúcar (+ 14,8%)

BRF (+ 3,72%)

JBS (+ 2,41%)

Maiores baixas:

Localiza (- 5,38%)

Renner (- 4,42%)

Petrorio (- 4,16%)

(Com a Reuters)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.