O Morgan Stanley espera que as ofertas de ações de empresas brasileiras aumentem 20% este ano, com os investidores clamando por alternativas de maior rendimento aos títulos de renda fixa.

“Mesmo com o segundo trimestre um pouco mais fraco que o primeiro, ainda acredito que teremos um aumento no volume e na quantidade de negócios este ano, o que é muito impressionante, dado que 2020 já foi um recorde,” disse Eduardo Mendez, co -head de ações para América Latina do Morgan Stanley, em entrevista.

As ofertas de ações de empresas brasileiras somaram R$ 158,8 bilhões no ano passado, de acordo com dados compilados pela Bloomberg. O volume cresceu 70% neste ano frente ao mesmo período de 2020, chegando a R $ 72 bilhões.

Os mercados de capitais em expansão, inclusive para produtos de renda fixa, estão alimentando consolidações e impulsionando fusões e aquisições, disse Alessandro Zema, country head do Morgan Stanley no Brasil.

“O que estamos vendo nos últimos meses é mais consolidação local do que negócios transfronteiriços”, disse Zema, que também é responsável pelo banco de investimento do Morgan Stanley no Brasil.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).