Em um dia de realização de lucros, a Bolsa encerrou o último pregão de julho em queda de 2%, a 102.912 pontos. Na semana, o Ibovespa teve alta de 0,5%, e no mês, de 8,2%.

Já o dólar encerrou o dia em alta de 1,15%, a R$ 5,21 –a moeda americana acumulou queda mensal de 4,2%.

O que aconteceu com a Bolsa e o dólar hoje? Apesar de pela manhã as bolsas externas terem iniciado o dia otimistas com os resultados melhores do que o esperado para empresas de tecnologia como Apple, Facebook e Amazon, o humor viro durante a tarde com a divulgação do balanço da petroleira Chevron, que registrou um prejuízo de mais de US$ 8 bilhões no segundo trimestre.

Apesar de o mercado ter reagido bem ao balanço da Petrobras, que foi divulgado na noite de ontem, o resultado da Chevron acabou mudando o cenário, o que fez as ações da empresa passarem a cair.

Além disso, no final da tarde a agência de notícias Bloomberg noticiou que o presidente dos EUA, Donald Trump, teria intenção de assinar uma ordem exigindo que a chinesa ByteDance venda suas operações no aplicativo TikTok, de criação e compartilhamento de vídeos de curta duração.

Se a informação se confirmar, será mais um capítulo no clima tenso entre as duas potências, que pode complicar as relações comerciais entre as duas maiores economias do mundo.

Nesse cenário, os investidores aproveitaram para realizar lucros das últimas compras.

Foi um dia ruim também para o real, que registrou queda em relação ao dólar. Apesar disso, não se espera que o real volte a sofrer depreciações como a que levou a moeda para perto de R$ 6 em meados de maio.

“Esperamos que a moeda negocie dentro de um intervalo entre R$ 5 e R$ 5,50”, disseram analistas do Bank of America em relatório. “Esperamos que o Banco Central continue intervindo para mitigar a volatilidade e que a taxa de câmbio permaneça fraca para refletir elevado prêmio de risco em meio ao cenário macroeconômico frágil e às baixas taxas de juros”, concluíram.

Maiores altas:

Cielo (+10,9%)

Ecorodovias (+ 6,9%)

TIM (+ 6,4%)

Maiores baixas:

Cogna Educação (- 12,4%)

Ambev (- 4,4%)

Embraer (-4,2%)

(Com a Reuters)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.