Elon Musk, que sempre apoiou o Dogecoin, disse que há muita concentração de moedas entre seus principais detentores e que os apoiará se eles venderem suas moedas.

“Se os maiores detentores de Dogecoins venderem a maior parte de suas moedas, terão meu total apoio”, tuitou o coundador e executivo-chefe da Tesla Inc. na noite de domingo. “Muita concentração é o único problema real.”

 

A Dogecoin caiu 14% nas últimas 24 horas, para 5,6 centavos de dólar, de acordo com dados da CoinMarketCap. A moeda digital com o tema da raça de cães Shiba Inu tem estado entre as obsessões dos investidores de varejo este ano, atingindo o valor mais alto de 8,4 centavos de dólar na segunda-feira passada, ante cerca de 1 centavo de dólar no início do ano.

Elon Musk e a Dogecoin

Dogecoin é agora a 13ª maior criptomoeda, com uma capitalização de mercado de cerca de US $ 7,2 bilhões.

Musk, a pessoa mais rica do mundo, contribuiu em parte para a popularidade crescente do Dogecoin com seus frequentes tuítes sobre a moeda. Na semana passada, ele disse que comprou alguns para seu filho para que “ele possa ser um hodler”, um termo na comunidade criptográfica que se refere a uma pessoa que segura em vez de vender.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).