O bitcoin bateu um novo recorde e superou US$ 52 mil depois do bilionário e fundador da Tesla, Elon Musk, defender o investimento de US$ 1,5 bilhão da Tesla na criptomoeda.

“Quando a moeda atual tem juros reais negativos, só um tolo não procuraria em outro lugar”, disse Musk em uma referência aos retornos abaixo de zero sobre o dinheiro causados ​​por dívida de rendimento negativo.

Em certo sentido, os comentários de Musk resumem um dos grandes problemas que os mercados enfrentam este ano. Com tanto dinheiro sendo injetado no sistema financeiro pelos governos que lutam contra a pandemia, os investidores estão cada vez mais preocupados com a inflação e procurando lugares alternativos para colocar seu dinheiro.

“Ter um pouco de bitcoin, que é uma forma menos burra com liquidez do que dinheiro, é uma aventura suficiente para uma empresa que está no S&P 500”. Musk escreveu a frase, acrescentando que a decisão da Tesla de comprar bitcoins não reflete diretamente sua opinião.

Nesta semana, o preço do bitcoin valorizou cerca de 10%. As postagens de Musk foram em resposta aos comentários do chefe da Binance Holdings, Changpeng Zhao. Em uma entrevista à Bloomberg Television, Zhao se perguntou por que Tesla comprou bitcoin se ele é tão “entusiasta” do dogecoin, outra criptomoeda. Musk disse que ele é engenheiro, não um investidor, e não possui ações negociadas publicamente além da Tesla.

Este ano, o bilionário tuitou sobre tópicos relacionados à criptomoeda com mais frequência, com seus memes e piadas sobre bitcoin e dogecoin, frequentemente movendo mercados.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).