A bolsa de valores fechou em queda nesta quarta-feira (dia 19), com os investidores preocupados com a situação das contas públicas e com uma ata bastante pessimista divulgada pelo Federal Reserve, o Banco Central dos Estados Unidos. Apesar da sessão ruim, o índice da bolsa se manteve acima dos 100 mil pontos, com as ações da Cogna e da Sabesp entre as maiores quedas. O Ibovespa recuou 1,19%, a 100.853 pontos, perto da mínima da sessão.

Uma ata divulgada no meio da tarde pelo Fed repercutiu no mercado brasileiro, e indicou um clima bastante pessimista no exterior. A autoridade americana descartou a adoção de medidas monetárias adicionais, como o controle da curva de juros, e afirmou que avalia ajustes que podem resultar na manutenção das agressivas medidas de estímulo.

O documento, referente ao encontro de 28 e 29 de julho, também mostrou que as autoridades estão preocupadas com o risco de que a recuperação da contração econômica provocada pela pandemia de covid-19 mostre uma trajetória incerta. Nesse cenário, poderia haver outra piora da economia nos próximos meses

Por fim, apesar de o ministro da economia Paulo Guedes ter dito que ficará no governo, ainda há dúvidas se ele conseguirá manter de pé sua agenda de reformas e se o governo federal tentará estabelecer alguma medida para driblar o teto de gastos e voltar para uma trajetória de crescimento estrutural de despesas.

E o que aconteceu com o dólar? O alerta também contribuiu para uma alta do dólar. A moeda americana fechou o dia cotada a R$ 5,53, alta de 1,1%. A cotação alcançou o maior valor em quase três meses.

O real teve o pior desempenho entre as divisas comparáveis neste pregão. No meio da tarde, com o dólar perto das máximas do dia, o Banco Central anunciou oferta líquida de US$ 500 milhões em contratos de swap cambial. A moeda desacelerou os ganhos, mas, faltando uma hora para o fim das operações no mercado à vista, recuperou terreno até encerrar na máxima dos últimos meses.

Maiores altas:

Ultrapar (+8,59%)

Marfrig (+7,09%)

JBS (+2,89%)

Maiores baixas:

Cogna (-4,51%)

IRB Brasil (-4,02%)

Sabesp (-3,87%)

(Com Reuters)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.