A expectativa de novos estímulos para a economia dos Estados Unidos fizeram a Bolsa e o real fecharem em alta nesta segunda-feira (dia 27).

Principal índice brasileiro, o Ibovespa encerrou as negociações com ganho de 2%, a 104.777 pontos. Já o dólar fechou em queda de 0,93% em relação à moeda brasileira, a R$ 5,15.

O que aconteceu com a Bolsa e o dólar hoje? A apresentação de um novo pacote de estímulos fiscais para combater os impactos do coronavírus nos Estados Unidos começou a ser discutido no congresso americano, o que trouxe otimismo ao mercado.

A expectativa é que as medidas sejam votadas ainda nesta semana, e que cheguem a US$ 1,2 trilhão.

Além disso, o aumento no número de casos de coronavírus nos EUA reforçou a aposta do mercado de que o Fed (banco central americano), que irá realizar nesta semana sua reunião de política monetária, pode reduzir os juros como forma de contornar os efeitos negativos de mais medidas de isolamento social.

O destaque do pregão foram as ações das siderúrgicas –o mercado espera novos aumentos no preço das empresas do setor no segundo semestre. A Usiminas fechou em alta de 7,5%, e a Gerdau, de 4,5%.

A farmacêutica Hypera, que apresentou crescimento no lucro no seu balanço do segundo trimestre, teve o segundo melhor desempenho do pregão, subindo quase 6%.

Maiores altas:

Usiminas (+ 7,5%)

Hypera (+ 5,8%)

Bradespar (+ 5,5%)

Maiores baixas:

Via Varejo (- 3,2%)

Lojas Renner (- 2,9%)

IRB (- 2%%)

Como fecharam as bolsas americanas? Os principais índices de Wall Street encerraram em alta, com os investidores animados com o pacote de estímulos e apostando em algumas ações de peso do mercado antes da divulgação de balanços.

Apple, Amazon.com, Facebook e Alphabet são algumas das companhias que devem apresentar seus balanços nesta semana, e que estiveram entre os principais impulsionadores do S&P 500.

Segundo dados preliminares, o Dow Jones avançou 0,44%, o S&P 500 teve alta de 0,74% e o Nasdaq valorizou-se 1,67%.

(Com a Reuters)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).