A entrega do projeto do governo federal para a reforma tributária ao Congresso fez o dólar ter um novo dia de forte queda em relação ao real. A moeda americana encerrou as negociações com recuo de 1,8%, a R$ 5,11, o menor patamar desde 12 de junho.

Já a Bolsa, em um pregão marcado pela disparada das ações da fabricante de motores Weg e das varejistas B2W e Via Varejo, fechou esta quarta (22) quase estável, com leve recuo de 0,02%, a 104.289 pontos.

O que aconteceu com o dólar? Pelo segundo dia, o real foi fortemente beneficiado pela sinalização do Ministério da Economia de que pretende continuar avançando na agenda de reformas.

Nesta terça, o governo entregou a parte inicial da sua proposta de reforma tributária, que prevê a unificação de PIS e Cofins em um único tributo.

A avaliação é que esse cenário estimulou uma correção nos preços da moeda brasileira, que sofreu forte queda nas últimas semanas.

“O gesto ajuda o tema a ganhar momento”, disseram em nota analistas da XP Investimentos. “O negativo é que a reforma por etapas enfraquece as próximas fases, caso tardem muito a serem formalizadas.”

O que explica o comportamento da Bolsa hoje? No campo negativo, os investidores acompanharam com atenção a escalada de tensões entre China e Estados Unidos.

Após acusar hackers chineses de tentarem roubar estudos sobre uma vacina para o novo coronavírus, o governo americano determinou o fechamento do consulado da China em Houston, no Texas, em 72 horas. A China prometeu retaliar, o que agravou as tensões.

Esse impacto foi balanceado pelo efeito positivo da entrega da proposta de reforma tributária do governo ao Congresso e também pelo bom desempenho de algumas empresas.

O principal destaque foi a Weg, fabricante de motores elétricos e tintas e vernizes, que informou que, a despeito da pandemia, teve um lucro 32% maior no segundo trimestre deste ano.

A varejista B2W, dona da Lojas Americanas.com e Submarino, também chamou a atenção dos investidores, após aprovar um aumento de capital de R$ 4 bilhões.

O destaque negativo foi a Qualicorp, que desabou 5,7% após a empresa se tornar alvo de busca e apreensão na Operação Lava Jato.

Maiores altas:

Weg (+ 13,8%)

Cemig (+ 7,9%)

B2W (+ 5,3%)

Maiores baixas:

Qualicorp (- 5,7%)

BR Malls (- 4,8%)

IRB (- 4,1%)

Como fecharam as bolsas americanas? Wall Street encerrou em alta após uma sessão com muita volatilidade, variando entre preocupações com as tensões entre China e EUA e os resultados trimestrais das companhais americanas.

Segundo dados preliminares, o Dow Jones subiu 0,62%, o S&P 500 ganhou 0,58% e o Nasdaq valorizou-se 0,24%.

(Com a Reuters)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).