O dólar fechou em queda de 0,32% nesta sexta-feira (4), a R$ 5,12 na venda, menor patamar desde 22 de julho (R$ 5,11). Com isso, engatou a a terceira semana consecutiva de perdas, refletindo o otimismo externo sobre a recuperação econômica que trouxe de volta investidores estrangeiros ao Brasil. Na semana, a cotação cedeu 3,79%, maior queda para o período desde a semana finda em 6 de novembro (-6,07%), nos dias seguintes à eleição norte-americana.

Já o Ibovespa fechou em alta, completando a quinta semana consecutiva com desempenho acumulado positivo e quase zerando a perda no ano, em meio ao entusiasmo com notícias do processo de vacinação contra a Covid-19. Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 1,3%, a 113.750 pontos, avançando 2,9% na semana.

O que aconteceu com o dólar e a Bolsa? O real se valorizou 4,32% nos primeiros quatro dias de dezembro, depois de ter registrado o melhor mês de novembro em pelo menos 18 anos, a reboque da esperança de que uma vacina contra a Covid-19 será lançada em breve, o que permitiria uma volta mais rápida ao nível de atividade econômica de antes da pandemia.

A moeda brasileira tem a melhor performance entre seus pares emergentes desde 3 de novembro, data da eleição norte-americana, com expectativa de que o presidente recém-eleito, Joe Biden, amplie gastos para turbinar a retomada –o que pode fortalecer um movimento de compra de ativos emergentes já em curso.

“Vemos uma janela de oportunidade para aumento de otimismo em relação aos ativos brasileiros nos próximos meses”, disseram analistas do Barclays em nota, recomendando posições em opções de venda de dólar/real com “strikes” em R$ 5,15 e R$ 4,98 e vencimento em março.

No ano, o declínio do Ibovespa agora é de apenas 1,74%. Apesar de ainda precisar de um fôlego para voltar a encostar em 120 mil pontos, como em janeiro, os quase 60 mil pontos registrados no pior momento em março já parecem distantes.

Maiores altas:

CSN (+ 12,45%)
PetroRio (+ 8,10%)
B2W (+ 7,68%)

Maiores baixas:

Cyrela (- 3,60%)
MRV (- 3,44%)
CPFL (- 2,91%)

(Com a Reuters)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).