Impulsionado pelo início da vacinação no Brasil e em dia de feriado nos Estados Unidos, o Ibovespa fechou o dia em alta de 0,74%, a 121.241 pontos.

Já o dólar fechou estável, em R$ 5,30.

O que aconteceu com a bolsa e o dólar? Em dia de feriado nos Estados Unidos, o Ibovespa foi impulsionado pelo otimismo com a aprovação, pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), do uso emergencial das vacinas CoronaVac e da AstraZeneca.

Além disso, dados informados pela China mostraram que o gigante asiático cresceu 2,3% em 2020, acima dos 2% previstos pelo mercado.

O dólar fechou praticamente estável nesta segunda-feira, tomando fôlego ao longo da tarde depois de no fim da manhã chegar a cair mais de 1%, com investidores digerindo informações sobre o início em todo o Brasil da vacinação contra a Covid-19 e o ambiente político em meio ao agravamento da pandemia.

A moeda chegou a cair 1,27%, por volta de 13h, depois de o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), dizer que não é o momento de discutir um impeachment do presidente Jair Bolsonaro. Na sexta-feira, o termo impeachment entrou nas discussões de analistas, o que acabou pressionando mais os mercados locais.

Após bater as mínimas da sessão, as compras reapareceram e o dólar zerou as perdas. Pesquisa XP/Ipespe mostrou avaliação negativa do governo de Jair Bolsonaro, assim como a percepção de sua atuação no combate à crise do coronavírus, pioraram em janeiro.

A escalada da pandemia no país e a queda da popularidade do presidente alimentam no mercado temores de pressão adicional por mais gastos, o que poderia deteriorar ainda mais a já frágil perspectiva para as contas públicas.

“Esperamos que o governo e o Congresso em breve aprovem outra rodada de medidas fiscais para mitigar o impacto social, econômico e de saúde pública de uma preocupante e muito intensa segunda onda de Covid-19”, disse o Goldman Sachs em nota.

Maiores altas:

Weg (+ 7,02%)
Natura (+ 5,16%)
BTG (+ 3,97%)

Maiores baixas:

Equatorial (- 2,14%)
PetroRio (- 1,94%)
Sabesp (- 1,79%)

(Com a Reuters)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).