Após a euforia com a nota do presidente Jair Bolsonaro acenando ao STF (Supremo Tribunal Federal), que ontem levou a Bolsa a fechar em alta de quase 2%, o Ibovespa teve um dia de correção nesta sexta (dia 10), encerrando pregão com queda de 0,93%, a 114.285 pontos.

A desconfiança do mercado com o fim da crise política fez o dólar subir 0,76%, a R$ 5,26.

O que aconteceu com a Bolsa? A Bolsa teve um dia de correção após a forte alta de ontem, quando, após ataques a ministros do STF e ameaças de não cumprir decisões judiciais em manifestações na terça-feira (dia 7), o presidente baixou o tom e disse que nunca teve a intenção de agredir quaisquer dos Poderes.

Os investidores ainda estão cautelosos sobre a durabilidade do discurso mais comedido de Bolsonaro, ainda mais em uma sexta-feira.

“O mercado pode estar procurando adotar postura de cautela caso Bolsonaro volte a adotar retórica mais dura”, explicou Luciano Rostagno, estrategista-chefe do banco Mizuho. “Hoje também é sexta-feira, e o mercado busca não ficar muito posicionado antes do fim de semana.”

O destaque negativo foi a Magalu, que tombou quase 9% após relatório de uma consultoria ter apontado mais lento nas vendas da varejista.

O que aconteceu com o dólar? A alta do dólar também está relacionada à desconfiança sobre a validade do compromisso do presidente em buscar uma pacificação com o Judiciário.

Mauro Morelli, estrategista-chefe da Davos Investimentos, disse que, mesmo após alívio no tom de Bolsonaro na véspera, a “volatilidade veio para ficar”, com expectativa de que o dólar experimente oscilações fortes à medida que as eleições de 2022 se aproximam, ainda que o forte ciclo de elevação de juros pelo Banco Central tenda a oferecer suporte ao real.

Enquanto isso, no exterior, dados desta sexta-feira mostraram que os preços ao produtor nos Estados Unidos aumentaram com força em agosto, indicando que a inflação elevada deve continuar por um tempo.

Maiores altas:

Meliuz (+8,41%)
Minerva (+6,10%)
BRF (+3,03%)

Maiores baixas:

Magalu (-8,86%)
Banco Pan (-7,08%)
Locamerica (-5,46%)

Com a Reuters

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).